ZHA!

ZHA!” é um projeto artístico participativo, de base comunitária e de longo prazo, apoiado pelas fundações Calouste Gulbenkian e “la Caixa”, através do programa Partis & Art for Change, que tem o Visões Úteis como parceiro artístico e promotor e a Fios e Desafios como parceiro social.

Nasce da vontade de promover as tradições vivas das comunidades ciganas, um enorme legado cultural e patrimonial tendencialmente invisível fora do (seu) território e comunidade. A música, a dança e o canto são formas naturais de celebração, expressão e comunicação e encontram-se presentes em muitos momentos do dia-a-dia destas comunidades. Com recurso a atividades criativas, formativas e de produção artística, pretende intervir na exclusão social desta minoria étnica pela valorização, preservação e disseminação das suas práticas culturais. Desenvolve um conjunto de intervenções artísticas que promovem competências pessoais e sociais para um maior empoderamento e desmistificação de crenças e preconceitos relacionados com as comunidades ciganas, potenciando a sua integração em percursos de vida mais inclusivos e participativos.

Tem como território de intervenção Campanhã e tem como participantes as comunidades ciganas residentes nos Bairros de Contumil, Ilhéu, Cerco, Lagarteiro e zonas envolventes. Prevê um conjunto de oficinas de sensibilização (2022), de formação, de criação, de gravação (2023) e de disseminação; e também objetos e momentos daí resultantes: um CD, videoclipes, um espetáculo, um encontro final, um documentário e um ensaio sobre reflexão de investigação-ação (2024).

“ZHA!” pretende dar continuidade e potencial as experiências e interações que o Visões Úteis e a Fios e Desafios têm vindo a desenvolver ao longo dos anos e que ganharam maior dimensão e visibilidade com o espetáculo “BRADO – Encontro de Vozes em Cigano Canto“, programado pelo VU para o polo de Campanhã no âmbito do Cultura em Expansão.

Nesta lógica de continuidade, ampliámos a nossa rede de parceiros e entidades envolvidas, de forma a garantir a sustentabilidade tanto do projeto como das metodologias utilizadas. Fazem parte de “ZHA!” organizações locais e nacionais de fulcral importância para a sua execução: a União Romani Portuguesa; os Agrupamentos de Escolas do Cerco do Porto e António Nobre; a ARRIMO; o Alto Comissariado para as Migrações; a Fundação Salesianos; a Junta de Freguesia de Campanhã; a ÁGORA; o REDES CLDS 4G, a ARDA Recorders.

Oficina de Comunicação

março a abril 2023

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Shopping Cart