Oficina de Voz e Instrumento

Encontro de artistas. Troca de linguagens pessoais, poéticas e musicais. Lugar de flexibilidade, escuta e cruzamento de culturas particulares, íntimas. Fazer convergir conjuntos de pessoas, músicos e dinamizadores. Identificar matérias sonoras para futuras gravações: percussões, guitarras e vozes. Criar sementes de letras de músicas. Germinação em redor de ideias como: Família, Grupo, Bairro, Festa e Devoção. A oficina de voz e instrumento teve a orientação de Margarida Mestre, e o acompanhamento de António Poppe.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Shopping Cart